Perca 3 quilos 1

Postado em 14 de agosto de 2014 Por Em Dietas E 4950 Visualizações

Perca 3 quilos em 15 dias com o macarrão milagroso!

No Brasil, o miojo é chamado de “itokonnyaku”. Em outros países, é conhecido como “konnyaku”, “shirataki” e “konjac”.

A seguir, veja um cardápio e receitas para você perder peso comendo “massa”!

Perca 3 quilos

O que se pode esperar de um alimento com o formato de miojo (massa instantânea que meio mundo adora) e que tem fama de emagrecer sem você passar fome? Sucesso total! A agitação em torno do itokonnyaku – um tipo de macarrãozinho asiático apelidado de “miojo milagroso” – começou em 2011 desde que Nigella Lawson, chef e apresentadora de um programa de gastronomia no canal pago GNT, atribuiu sua silhueta esbelta ao alimento. A notícia provocou uma verdadeira corrida às lojas de produtos orientais, onde ele é vendido. Ele vai ajudar você a enxugar até 3 quilos em apenas 15 dias. Transparente e com sabor neutro – sem gosto, mesmo -, o shirataki (outro nome como o itokonnyaku é conhecido no Brasil) também fez muita gente questionar seu poder de emagrecer. É claro que ele não faz milagre. Mas, sim, ele dá um bom empurrão na perda de peso. Empolgada? Então vá em frente! Talvez você não tenha a sensação de estar saboreando um suculento espaguete al dente. Mas vai se sentir realizada de poder comer à vontade um alimento que lembra macarrão instantâneo e, ainda assim, comemorar alguns quilos a menos na balança!

Macarrão sem carboidrato

Por que o itokonnyaku ganhou a fama de milagroso? Especialmente por ter muito volume e poucas calorias – apenas 10 em uma porção de 200 gramas (quantidade suficiente para encher um prato). Ele tem outra vantagem para quem está na batalha para perder peso: não tem carboidrato. Extraído da raiz do konjac, tubérculo de origem japonesa, é um alimento composto apenas de água (97%) e glucomanan (3%) – um tipo de fibra solúvel que ao entrar em contato com a água, e durante o processo de digestão, dobra de tamanho ocupando um bom espaço no estômago. Por isso que esse macarrãozinho satisfaz com facilidade, evitando exageros em alimentos mais calóricos.

Mais que um alimento

O itokonnyaku proporciona outro benefício: faz o intestino funcionar melhor, o que também favorece a perda de peso. Análises recentes mostram ainda que esse alimento pode ajudar a manter o coração saudável. “Isso porque a fibra glucomanan contribui para manter os níveis de colesterol e triglicerídeos equilibrados”, complementam os especialistas. Então aproveite: ele ajuda você a emagrecer e a ficar mais saudável.

Sozinho, não!

O “miojo milagroso” é um alimento do bem, mas é pouco nutritivo. Por isso não deve ser o principal item do seu cardápio. Precisa ser combinado a outros alimentos magros, mas que ofereçam carboidratos ricos em fibras, gordura boa e proteína magra, além de vitaminas e minerais. “O objetivo de incluir o itokonnyaku na dieta é garantir uma refeição que sacie com poucas calorias, mas sem deixar que o organismo fique carente em nutrientes”, explicam. Evite também o excesso: “Por causa das fibras, esse alimento pode ter efeito laxativo e, com isso, prejudicar a absorção de vitaminas, especialmente as do tipo A, E e K”,  orientam. Caso você perceba esse efeito, vá devagar: consuma-o no máximo quatro vezes por semana – de preferência no jantar, quando a porção de carboidrato deve ser menor.

Parceiro de volume

O macarrãozinho pode fazer parte de diferentes receitas sem comprometer o resultado final (lembre-se: ele tem sabor neutro). Familiar na culinária japonesa, é apenas aferventado por cinco minutos e servido com legumes e peixe cozido ou misturado na sopa. Você ainda pode prepará-lo como se fosse um macarrão tradicional, com molho ao sugo, à bolonhesa ou ao pesto. Ok, uma ou outra vez durante a dieta, você também pode colocar uma quantidade menor de massa de verdade no prato e completar com o “miojo milagroso” – essa combinação vai garantir um bom prato de massa, só que com poucas calorias!

8 kg a menos com o macarrãozinho

“Descobri o ‘miojo milagroso’ vasculhando uma loja de produtos orientais atrás de alimentos com baixo teor de carboidrato. Desde então, ele entra no meu cardápio no mínimo três vezes por semana, sempre no jantar, quando eu mesma preparo minha refeição. e, claro, evito combiná-lo com qualquer ingrediente muito calórico. Costumo optar por um molho leve, com tomate e manjericão ou, ainda, alho refogado e um fio de azeite. Com shoyu também fica bem gostoso. parece que estou comendo uma massa e, melhor, sem culpa! Para garantir uma porção da proteína, complemento o prato com um filé de frango grelhado, queijo branco magro ou cubos de peito de peru light. Aproveitei o embalo para intensificar os exercícios e estou feliz com o resultado: perdi 4 quilos. Continuei usando o macarrãozinho como meu aliado e, em pouco tempo, emagreci outros 4 quilos. Agora ele é meu parceiro para manter o peso. Se no fim de semana saio da linha, compro alguns pacotinhos extras.”

 Marcia M S, 41 anos, 1,63 metro e 54 quilos, Executiva de Vendas

O macarrão milagroso aumenta o volume do prato e sacia com poucas calorias. Inclua-o na dieta quatro vezes por semana. Nos outros dias, continue apostando em alimentos leves. Dá para enxugar até 3 kg em 15 dias!


Cardápio:emagreça comendo “massa”

Café da manhã

Opção 1: 1 copo (200 ml) de leite desnatado (ou iogurte desnatado) com 1/2 xíc. (chá) de cereal matinal sem açúcar, 1 banana pequena, cortada em rodelas (ou 5 morangos em lâminas) e 1 col. (chá) de mel.

Opção 2: 1 copo (200 ml) de suco à base de soja light + 2 torradas integrais com 1 col. (sopa) de queijo cottage (ou creme de ricota light) e 1 col. (sobremesa) de geleia sem açúcar.

Opção 3: 1 copo (200 ml) de leite desnatado com café e adoçante (opcional) + queijo quente light: 2 fatias de pão integral com 2 fatias de queijo branco magro.

Lanche da manhã

Opção 1: 1 pote (200 ml) de iogurte 0% de gordura;

Opção 2: 1/2 papaia;

Opção 3: 1 barra de fruta seca com fibras e sem açúcar;

Almoço

Opção 1: Salada de folhas (alface, agrião, rúcula, broto de alfafa) à vontade, 1/2 pepino e 1/2 tomate • 2 col. (sopa) de arroz integral + 1 concha média de lentilha + 1 filé (120g) de peixe grelhado ou cozido no vapor • 4 col. (sopa) de purê de abóbora.

Opção 2: Salada de folhas à vontade + Itokonnyaku com molho de tomate + 3 col. (sopa) de carne moída refogada.

Opção 3: Salada de folhas (alface, agrião, rúcula) à vontade, 2 col. (sopa) de beterraba ralada, 1/2 tomate e 1 rabanete em rodelas + 1 filé (120 g) de frango grelhado + 4 col. (sopa) de grão-de-bico.

Lanche da Tarde

Opção 1: 5 damascos secos (ou 4 nozes);

Opção 2: 1 café expresso (ou chá-mate) com adoçante (opcional) + 2 fatias de queijo branco magro;

Opção 3: 1 copo (200 ml) de leite desnatado batido com 3 col. (sopa) de abacate e adoçante;

Jantar

Opção 1: Salada de folha (alface, agrião, rúcula) à vontade e 1/2 tomate +  4 col. (sopa) de vagem no vapor + Salmão assado com abobrinha e itokonnyaku.

Opção 2: Salada de folhas à vontade com 2 col. (sopa) de beterraba ralada e 1/2 pepino em palitos • Itokonnyaku com molho de tomate e 3 almôndegas + 4 col. (sopa) de brócolis no vapor.

Opção 3: Salada de folhas à vontade com 2 col. (sopa) de cenoura ralada e 2 col. (sopa) de abobrinha ralada + Yakissoba com itokonnyaku, frango e legumes.

Tempere a salada com 1 col. (sopa) de azeite, sal e limão.

Com informações de: Boa Forma, MdeMulher, jornal britânico Daily Mail, Folha de S.Paulo, Soboasnoticias, receitas de Daniela Abrahão – Nutricionista

 

Ao molho de tomate e ervas

 

Ingredientes:

 

1 colher (sopa) de azeite de oliva

2 dentes de alho amassados

6 tomates picados, sem pele e sem sementes

1 colher (sopa) de manjericão fresco picado

1 colher (sopa) de salsa fresca picada

1 colher (sopa) de orégano fresco picado

1 colher (chá) de alecrim fresco picado

1 colher (café) de sal

200 a 250g de itokonnyaku (também conhecido como shirataki)

 

Modo de fazer:

Aqueça o azeite em uma panela, refogue os alhos ate dourar. Acrescente o restante dos ingredientes, com exceção do macarrão, e deixe cozinhar por cerca de 7 minutos. Cozinhe a massa em bastante água com um fio de azeite por 3 minutos ou como sugere o fabricante. Escorra e volte à panela. Misture o molho e coloque em uma travessa. Sirva em seguida.

 

Ao pesto

Ingredientes:

 

1 pacote de itokonnyaku (também conhecido como shirataki)

 

Para o molho Pesto Light:

 

4 col. (sopa) de queijo parmesão light ralado

1 colher (sopa) de azeite

1 dente de alho espremido

1 xícara (chá) de manjericão fresco

1 pitada de pimenta-do-reino

 

Modo de fazer:

 

Cozinhe o itokonnyaku conforme instruções de fábrica e reserve. No liquidificador, bata todos os ingredientes do molho pesto até homogeneizar. Em seguida misture o molho ao itokonnyaku já cozido e sirva imediatamente.

 

Yakissoba com itokonnyaku, frango e legumes

Ingredientes:

1 filé (120 g) de peito de frango em cubos

Gotas de limão

Sal e pimenta a gosto

1 dente de alho picado (ou espremido)

1 pacote (200 g) de itokonnyaku

1 1/2 colheres (sopa) de azeite extravirgem

1/2 cebola grande, picada em pedaços grandes

2 colheres (sopa) de shoyu light

1 cenoura pequena em rodelas

4 buquês de brócolis

 

Modo de fazer:

Tempere o frango com o limão, sal, pimenta e alho. Reserve. Mergulhe o itokonnyaku em água fervente, deixe por 5 minutos, escorra e reserve. Aqueça 1 colher (sopa) do azeite e refogue o frango. Separe o frango e, na mesma panela, aqueça o restante do azeite e refogue a cebola, a cenoura e os brócolis. Tempere com o shoyu, junte o frango delicadamente e desligue o fogo. Misture o itokonnyaku e sirva em seguida.

Perca 3 quilos em 15 dias com o macarrão milagroso!